quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Adolescência e suas "encanações": um assunto para muitas leituras

Aproveito para falar um pouco sobre essa idade que a maioria abomina mas que eu simplesmente adoro: a adolescência. Logo que comecei a trabalhar nessa biblioteca, fui informada que toda a equipe passava por um rodízio pois tínhamos que adquirir experiência com todas as faixas etárias. Isso significava que teria que passar uns tempos na biblioteca infantil. Aí, percorreu um arrepio intenso em minha espinha pois apesar de gostar de crianças, não tenho tato com elas. Confesso que tenho um certo medo de trabalhar com crianças pois acredito que a responsabilidade é bem maior. Não que trabalhar com adolescentes seja mais fácil. Não, não mesmo! Mas, a minha identificação com eles é tanta que não abro mão disso. Bom, toda essa introdução, é para falar um pouco sobre a dificuldade que pais e educadores têm em conviver com essa idade tão complexa, tão rica e tão difícil. Como todos, já fui adolescente um dia e passei por todas as fases "negras" da idade. Havia momentos em que a histeria tomava conta de mim. Já em outros momentos, ficava irritada, agressiva, em outros melosa, chorona e deprimida. Vivia em uma montanha russa emocional e várias vezes me peguei pensando: Nossa!! Devo ter algum problema mesmo!
Em outros momentos me achava horrorosa! Dali a pouco, me achava o máximo! Não saia da frente do espelho. Me apaixonava a cada 5 minutos e sofria horrores! Virava a esquina, e já me esquecia. Hoje, ao me lembrar como era, me dá uma saudade!!! Sofria e muito mas como foi bom esse período! E você professor(a)? E você pai, mãe? Se lembram de sua adolescência? Se a resposta for não, procure parar alguns minutos e pense, volte a bobina do tempo e relembre essa passagem tão importante para nossa afirmação adulta. Precisamos de tempos em tempos, fazer esse retorno ao passado justamente para (re)lembrarmos como fomos, e com base nisso, entendermos nossos jovens que muitas vezes nos tiram do sério.
Depois de muito pensar no assunto, separei alguns livros e separei-os em duas categorias: uma categoria de livros voltados para o próprio adolescente. Sim, temos uma vasta literatura voltada para eles. Livros que esclarecem suas dúvidas (que não são poucas) numa linguagem fácil e jovial.
A outra categoria de livros, são voltadas para o educador e para os pais. Livros escritos por especialistas renomados e que devem fazer parte da biblioteca pessoal. Alguns deles, mais voltados para os educadores e profissionais que trabalham diretamente com os jovens. abrangem a parte fisiológica e neurológica do adolescente. Eis aqui minhas sugestões do tema.
Escolha o seu e boa leitura!

Um comentário:

Mari Amorim disse...

Olá amigos!
Está acontecendo até o dia 07/03 a BlogagemColetiva,
proposta pelo blog http://fio-de-ariadne.blogspot.com
Meu Oscar Vai Para:
Venha conferir e comentar minha participação no:
http://sempretensoesamorcontos&causos.blogspot.com/
Boas energias
Mari Amorim