sexta-feira, 2 de abril de 2010

2 de Abril - Dia Internacional do Livro Infantil


Nunca a literatura infantil esteve tão em alta como atualmente. Basta entrar em qualquer grande livraria e ver a vasta exposição de títulos a disposição do jovem leitor. O mesmo se dá nos sites de editoras especializadas no assunto. A qualidade das ilustrações, das encadernações são um verdadeiro colírio para nossos olhos e sensibilidade. Tendo surgido no século XVII com o simples intuito de servir para reforçar a educação moral das crianças, não trazia qualquer atrativo para as crianças da época. A data 02 de abril foi uma homenagem ao nascimento do maior escritor de histórias infantis que até hoje são contadas, recontadas e adaptadas: o dinamarquês Hans Christian Andersen. Suas histórias são conhecidas mundialmente e quem não se lembra de na sua infância ter lido ou ouvido de alguém as histórias de Patinho Feio, As roupas novas do imperador, Pequena sereia e tantas outras ? Essa data foi escolhida pelo Conselho Internacional de Livros para Jovens (IBBY) que é uma organização sem fins lucrativos que representa uma rede internacional de pessoas de todo o mundo que estão empenhados em trazer livros e filhos juntos. Bem legal essa iniciativa não? Podemos aproveitar o momento tão propício às iniciativas voltadas para a leitura em nosso país e divulgar cada vez mais a leitura dos livros infantis.

4 comentários:

Chris A. Angelotti disse...

Olá Roseli, Adorei conhecer seu blog! Parabéns! Andersen me trouxe aqui... abraços

Chris Angelotti

Roseli Venancio Pedroso disse...

Oi Chris! Bem vinda a esse cantinho. Fico contente que tenha gostado e espero que volte sempre.

Lunna disse...

Sinceramente eu espero que o investimento nos livros infantis sejam cada vez maiores, mas espero que o conteúdo também seja levado a sério porque já vi muito livro infantil que era um atentado a inteligência de uma criança.
Boa semana pra vc. Bjs

Roseli Venancio Pedroso disse...

Oi Lunna,
É verdade. Tem muita porcaria se dizendo literatura infantil. Mas, cabe a nós, pais, professores e bibliotecários fazer a análise deles e orientar os jovens para a leitura. Obrigada pela visita.
Bjs