terça-feira, 10 de maio de 2011

Com quantos troncos se constrói uma biblioteca?



(Notícia retirada do PublishNews, 10/05/2011)


Em Belim, bem na esquina das ruas Kollwitzstraße and Sredzkistraße, no charmoso bairro de Prenzlauer Berg, fica uma nada tradicional biblioteca. Ela não tem nome, nem porta, nem parede, nem mesa e tampouco um bibliotecário pedindo silêncio. Pega livro quem quer, deixa livro quem quer. Construída com quatro troncos de árvores mortas, essa biblioteca natural é mais um dos pontos de troca de livros do BookCrossing. As obras da biblioteca-árvore, que estão ali só de passagem, ficam protegidas da chuva e do vento em prateleiras fechadas com portinhas de plástico, e estão ao alcance até das crianças.



3 comentários:

Cecilia Nery disse...

Amei!
Simples, prática, eficiente, linda, prazerosa. Essa biblioteca é tudo. Já li sobre o projeto Bookcrossing e estoua feliz por ele também alcançar o Brasil.
Muito bom. Beijos!

Roseli Venancio Pedroso disse...

Achei bem criativa também. Temos muito o que aprender. Obrigada pela visita.
Bjs

Bixudipé disse...

Que maravilhoso...